BLOG SUSTENTÁVEL

Marketing & Empreendedorismo
wifi

Sete dicas para economizar Internet durante a quarentena

As redes estão cada vez mais saturadas devido ao aumento de internautas nesses períodos de confinamento. Devido à declaração do estado de emergência, milhões de pessoas não saem de casa quando é decretado um confinamento, como por exemplo, o causado pela pandemia do coronavírus.

A introdução do teletrabalho para aqueles que o podem exercer e o excesso de tempo livre para quem não tem essa possibilidade, faz com que a rede de comunicações corra o risco de saturação. Motivo pelo qual empresas como YouTube, Netflix, Disney + e PlayStation optaram por reduzir a qualidade da imagem de seus conteúdos.

No entanto, as medidas implementadas por terceiros não implicam que os usuários não possam fazer a sua parte para reduzir o risco de colapso da rede. Precisamente, a Organização de Consumidores e Usuários (OCU) compartilhou sete chaves para que todos possamos ajudar a evitá-lo.

Baixe filmes e séries à noite

Da OCU eles recomendam aos amantes dos serviços de streaming (Netflix, HBO, Amazon Prime Video, Disney +), que antes de usar qualquer uma dessas plataformas, sejam claros sobre os filmes ou séries que desejam ver no dia seguinte para baixá-los na noite anterior. Isso significará que a qualidade dos vídeos não será prejudicada e, além disso, ocupará a rede em horas de menor demanda. Ao terminar de visualizar tudo, basta apagá-lo para recuperar o espaço usado na memória do seu dispositivo.

Resolução mais baixa

A maioria das plataformas permite que você ajuste a qualidade da imagem para poupar dados móveis. Se você puder se esforçar e renunciar ao 4K para voltar ao HD nesses dias, estará consumindo menos e ajudará a rede não ficar tão saturada.

Menos downloads automáticos

A OCU recomenda verificar as configurações das redes sociais e plataformas de mensagens, como Twitter, WhatsApp ou Instagram, para que os vídeos que aparecem na plataforma só sejam reproduzidos se forem “clicados”. Por sua vez, aconselha encaminhar os vídeos a outros usuários, e baixá-los somente se for totalmente necessário.

Desative a opção de nos vermos durante a videochamada

Muitos usuários estão usando “aplicativos” de videoconferência, como Houseparty ou Zoom, a fim de manter contato com seus entes queridos. No entanto, isso não significa que não possamos limitar os dados que são consumidos enquanto estão sendo usados. Uma boa forma de economizar é desativando a opção de nos vermos ao usá-los. Algo que a maioria dos aplicativos desse tipo permite.

Use seus dados móveis

Lembre-se que também é possível ligar usando seus dados móveis, não é necessário fazer todas as ligações pelo Wi-Fi de casa. Caso ainda não tenha qualquer serviço de internet fixa instalado em sua casa, realize o teste de cobertura Nos antes de instalar o serviço.

Use a nuvem

A maioria dos usuários já está ciente das vantagens do compartilhamento de arquivos por meio de plataformas em nuvem. Para economizar dados de internet, é aconselhável utilizar serviços como Google Drive, OneDrive, WeTransfer, iCloud ou Dropbox e enviar o link de acesso por e-mail ou chat.

Comprimir os arquivos

Também é recomendável compactar os documentos antes de enviá-los. Por exemplo, os arquivos PDF tendem a pesar menos que o Word com muitas imagens ou PowerPoint.