Pin It
Inspiração Sustentável

Visitei a fábrica verde da Coca-Cola em Maceió

Estive no dia 27/09 em Maceió com outros blogueiros participantes da plataforma #VivaPositivamente, visitando a primeira fábrica de refrigerantes certificada pela LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) no Brasil. O LEED é um sistema internacional de certificação e orientação ambiental para edificações, saiba mais aqui

O @avidaquer listou alguns dos principais diferenciais que caracterizam as propriedades sustentáveis desta desta planta verde:

• O terreno foi escolhido em função da proximidade com comércio e serviço de forma a incentivar os usuários do edifício a deslocarem-se a pé, bicicletas ou transporte público, contribuindo assim para a redução dos níveis de emissão de gases. Pontos de transporte público são próximos ao terreno e de fácil acesso.

• Grande área do terreno é plantada, promovendo o gerenciamento mais eficiente das águas pluviais, maior biodiversidade e redução do efeito “ilha de calor”. A cobertura do galpão de produção com cor clara e pé direito alto diminui o efeito em função da maior reflexão solar e também da utilização de telhas com isolantes térmicos, propiciando maior conforto aos colaboradores.

• Equipamentos economizadores de água foram instalados, como válvulas “Dual-flush” e reuso de água dos chuveiros para as bacias sanitárias e torneiras com temporizadores. Sistema de captação e reuso de águas do processo produtivo para a irrigação também foi instalado.

• Foram aplicadas diversas soluções para a redução de consumo de energia, como tanque de acumulação, baixa densidade de potência Instalada de Iluminação (LPDI) e vidros eficientes, além do uso de iluminação natural, usando de telhas translúcidas e sistema de ventilação.

• Uso de madeira certificada (FSC) garantindo a origem de área de manejo florestal e Instalação de área para captação e gerenciamento de resíduos (reciclagem) na planta do edifício.

• Equipamentos de controle de poluição, como capachos, foram instalados nas entradas dos edifícios, reduzindo a entrada de partículas contaminantes, além de um sistema de monitoramento de CO2 nos ambientes internos, garantindo uma boa qualidade interna do ar.

Na conversa que tivemos com o grupo de blogueiros antes na chegada a fábrica, ouvimos por uma vídeo-conferência o VP de Comunicação e Sustentabilidade da Coca-Cola Brasil, Marcos Simões, falar um pouco mais dos 7 valores de sustentabilidade da empresa, assim como as iniciativas do Instituto Coca-Cola.  Tive também a felicidade de poder contar um pouco do que conhecia dos Coletivos Coca-Cola, iniciativa de geração de renda, empoderamento e fortalecimento da auto-estima, que atende principalmente jovens e mulheres em comunidades de alta vulnerabilidade social.

Já conheci boa parte do processo produtivo quando visitei a Fábrica da Felicidade no Rio de Janeiro.  Dessa vez tive também a oportunidade de acompanhar o envase das garrafas retornáveis. Tudo é automatizado, e são vários os sensores de segurança. Só para verificar a limpeza e o estado da garrafa retornável antes do envase, são 6 sensores. Se é identificado alguma falha, como por exemplo água do processo de lavagem, automaticamente a garrafa é separada para voltar ao processo de limpeza, se for identificado alguma trinca na estrutura, é destinada a reciclagem.

Na linha de produção das embalagens PETs, é possível ver desde quando o tubo que dará forma a garrafa entra no processo produtivo e é expandido para tomar o formato de uma garrafa, o envase é realizado na sequência, a garrafa recebe o gás, as tampas e o rótulo, por último todas as garrafas passam por sensores de segurança. Tudo automatizado, sem intervenção humana. Há funcionários acompanhando o processo, mas somente para garantir o bom funcionamento das máquinas.

Vejam essa foto da @mahperezz que estava na visita conosco:

Abaixo um vídeo bem bacana que mostra de pertinho um pouco do que vimos sobre o processo de produção. E se você quiser ver de perto, há fábricas em diversos locais do Brasil. Para realizar uma visita guiada, basta se cadastrar no site da empresa ou ligar para o número 0800-021-2121.

Veja quem mais esteve comigo nesta visita:

Os participantes da rede de blogs Viva Positivamente @samegui do @avidaquer, @andersoncosta do Movebla, @clauchow do Ecodesenvolvimento, @anamariacoelho do Lounge Empreendedor, @renatoguimaraes do Sustenta News, @smiletic do Porque minhas opiniões não cabiam na telinha da TV, @sustentavell do Sustentabilidade Corporativa, @gnsbrasil do Conversas de Cozinha, @arqsteinleitao do Arquitetando Ideias, @daianevv do Vivo Verde, @claudiamidori do Aventuras Gastronômicas, @elfinha Elfinha, @biosustentavel do Autossustentável, @cozinhapequena Cozinha Pequena, @claudiagiane do Bolsa de Novidades, @regianedesign do Casa com decoração, @lucianakotaka do Comportamento Magro, @kitaferreira do Inventando com a mamãe, @senalaila do Xô, Bacon! E claro, @inagaki do Pensar enlouquece e eu, @samegui, do A Vida Como A Vida Quer.

E, como sempre nos nossos encontros Viva Positivamente, teremos convidados indicados por nossos blogueiros: Gabriel de Arruda Barbosa Lima (Instituto Akatu), Renê Silva (@rene_silva_rj do Voz da Comunidade), Eduardo Ferreira Ribeiro (professor da UFT), Luis Eduardo Vieira Leitão (Engenheiro Civil em Porto Alegre), Humberto Oliveira (@obuteco), Claudia Speroto (do blog Usei e contei), Denise Meneghello (artista plástica com uma visão especial do reaproveitamento de materiais), Caio Novaes (@brogui), Kellen Bittencourt (do Trilhamarupiara Diário de Viagens), Ana de Cesaro (Tá e daí), Talita Ribeiro (do Viagem e Voo), Jhonny Jessé (@cocagelada) e Hilário Júnior (@metheoro).

 

Comments

comments

5 comentários sobre “Visitei a fábrica verde da Coca-Cola em Maceió

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: