Pin It
Inspiração Sustentável

Uma grande mulher me ensinou que #Estudarvaleapena

Contei há algum tempo aqui no blog, que ainda pequena disse para minha mãe que queria ser doutora?  A história completa eu conto no post que escrevi quando saiu a confirmação de que eu era bacharel em Administração. A história começa assim:

Me lembro direitinho do primeiro dia de aula da 1ºsérie, mas o que marcou a minha história escolar, foi uma conversa que tive com a minha Mãe. Disse para ela que queria ser doutora, não sabia exatamente o que estava falando, minha Mãe me respondeu que nem que ela varresse chão, mas eu chegaria lá. Ainda não cheguei, mas a força dada por uma mulher que diversas vezes tinha ficado sem a mistura, para que eu e meu irmão Clayton pudéssemos ter um refeição completa, sempre me emociona e me encoraja.

Sendo assim, hoje no dia do estudante, para integrar a blogagem coletiva “Estudar vale a pena”, não é a minha história que vou contar, e sim dessa mulher, que me inspira.

Essa é a história de uma menina que nasceu em uma pequena cidade chamada Iapu, região do Vale do Rio Doce em Minas Gerais. De família muito humilde, em que todos trabalhavam na roça, as meninas eram criadas para casar, ou seja, tinha que aprender a cozinhar, bordar e costurar. Estudo não era a prioridade, o importante era saber ler e escrever, e ter completar a 4º série era o suficiente.

Com essa formação seguiu sua vida adulta, casou venho morar em São Paulo, teve 4 filhos, e com muita luta criou os filhos, a batalha ficou ainda mais dura, quando ainda com os filhos pequenos ficou viúva.
Essa mãe, ficava incomodada com o fato de não conseguir mais ajudar os filhos com a lição escolar,  e quando os mais velhos foram chegando a adolescência, ela resolveu voltar a estudar.

Dançando com a minha mãe - na formatura dela

Dançando valsa com a minha mãe - na formatura dela

A mulher da história é a da foto ao lado, minha mãe, Dorvalina Garcia, nós estamos dançando valsa na formatura dela, fiquei muito orgulhosa de estar ali, naquele dia tão especial. Por sinal eu não sou a única filha orgulhosa hoje, veja a @djmisscloud contando do orgulho de ter ido a formatura do pai.

Para quem ainda tem dúvida se #estudarvaleapena, ela deixo uma mensagem:

A importância de voltar a estudar independente da idade e a de não parar no tempo, além das melhores oportunidades no mercado de trabalho. A pessoa precisa também se sentir realizada na vida. O crescimento pessoal e a independência financeira, contribui para a auto-estima da pessoa, não podemos simplesmente passar pela vida, temos que fazer parte dela, temos que fazer a diferença.

Quando minha mãe terminou os estudos eu (que sou a filha mais velha) já era adulta. Muitas portas se fecharam para ela por conta da baixa escolaridade, hoje ela  tem cargo de chefia na administração da cidade de Guarulhos, cargo que só foi possível alcançar porque ela acreditou que #estudarvaleapena.

A blogagem coletiva “Estudar vale a pena” é um convite do Instituto Unibanco que tem uma série de metodologias em seu programa de voluntariado, que é focado no ensino médio e no combate à evasão escolar nesta fase no ensino público.

Para quem quer saber mais, tem muita coisa no site Estudar Vale A Pena, no Relatório de Atividades com dados de 2010, no Facebook e Twitter (@inst_unibanco), além do canal de youtube, onde é possível se inspirar vendo a lista de vídeos feitos por alunos e favoritados pelo pessoal.

Nota: Concluo esse post no final do dia em que aconteceu a blogagem que ajudei a @samegui e o @andersoncosta a organizar. Estamos muito felizes,  pois a hashtag #estudarvaleapena, entrou nos Trends Topic Brasil no final da manhã, e por lá permanece  está até agora (23:30). Como toda hashtag, sempre tem aqueles que fazem piada, mas a maior parte dos que participaram, acreditam na proposta, e defendem a valorização e o acesso a uma educação de qualidade para todos. Obrigado a todos que apoiaram!

Comments

comments

22 comentários sobre “Uma grande mulher me ensinou que #Estudarvaleapena

  1. Pingback: Aline Kelly

  2. Pingback: Sustentável 2.0

  3. Pingback: Anderson Costa

  4. Pingback: B Pesquisa Ambiental

  5. Pingback: Krisko-Chan!

  6. Crystiano

    Vale a pena dizer que ela cumpriu o que disse:
    Passou em concurso público pra Pref. de Guarulhos como Auxiliar Operacional, e varreu muito chão, até chegar ao cargo tão merecido de Chefia que exerce hoje.
    Meu orgulho, minha Mãe!

  7. Pingback: Sam Shiraishi

  8. Pingback: Aline Kelly

  9. Pingback: Twitted by AlineKelly

  10. Pingback: Tulio Malaspina

  11. Pingback: Tiago Cordeiro

  12. Pingback: Por que Estudar Vale a Pena? (por @gnsbrasil) | @avidaquer | www.avidaquer.com.br

  13. Pingback: Sustentável 2.0 – Vamos falar de trabalho infantil? Afinal, é da nossa conta!

  14. Pingback: Sustentável 2.0 Vamos falar de trabalho infantil? Afinal, é da nossa conta! - Sustentável 2.0

  15. Pingback: Participação social se aprende em casa | Sustentável 2.0

  16. Pingback: Histórias de Vida que inspiram... | Rede de Economia Criativa | Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: