Pin It

Todos pela educação divulga o relatório “De Olho nas Metas 2009”

Educação pública de qualidade é um direito garantido na constituição, pena que as leis não funcionam tão bem assim, e se não for a pressão popular nada vai mudar.

Meu filho de 10 anos concluiu este ano o Ciclo I da educação básica. Cursou emEducação_Qualidade uma escola Municipal aqui em Guarulhos, que possui uma Nota IDEB de 4,6. A meta proposta pelo movimento Todos pela Educação é nota 6, para um ensino de qualidade, imaginem que a 2º maior cidade do estado de São Paulo não possui sequer uma escola pública com esta nota!? A mais alta é 5.

Mas voltando a saga do meu filho, ele foi encaminhado para uma escola do bairro que possui a nota IDEB de 3,6 logo, comecei a verificar as notas das outras escolas do bairro e para meu espanto, até as que são consideras as melhorzinhas, estão abaixo disso.  O que me só fez fortalecer a certeza de que precisamos nos mobilizar, por isso e por acreditar na importância da educação de qualidade para a formação cidadã e de uma sociedade justa e sustentável, apoio o movimento “Eu, Você, Todos pela Educação”.

Hoje (09/12/09), no MAM em São Paulo, o movimento Todos Pela Educação divulgou o relatório De Olho nas Metas 2009. Os resultados, divulgados alertam que para o País chegar a 2022, ano do bicentenário da Independência, com um ensino de qualidade para todos é preciso ampliar os esforços para garantir o atendimento escolar e a conclusão da Educação Básica na idade adequada.

A segunda edição do De Olho nas Metas traz o acompanhamento das Metas 1 e 4, que é feito anualmente com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) do IBGE. Nesta edição não é feito o acompanhamento relativo à Meta 3 – todo aluno com aprendizado adequado à sua série, pois o mesmo é feito com base nos resultados da Prova Brasil/Saeb, que ocorrem a cada dois anos. Os próximos resultados serão divulgados em 2010 pelo Inep/MEC. Para as Metas 2 e 5 a publicação traz entrevistas com especialistas sobre o tema.

Veja as principais conclusões:

Meta 1 – Toda criança e jovem de 4 a 17 anos na escola
De acordo com o relatório, o País não alcançou o patamar esperado de atendimento escolar. A meta era chegar a 91,9% em 2008, entretanto o percentual de alunos nessa faixa etária que frequentam a escola foi de 91,4%, abaixo do esperado…

Meta 4 – Todo jovem com Ensino Médio concluído até os 19 anos
A análise dos dados referentes ao cumprimento da Meta 4, que trata da conclusão das etapas da Educação Básica, mostra que o Brasil ficou dentro do intervalo de confiança.
Segundo o relatório, no País como um todo, apenas 61,46% dos jovens de 16 anos concluíram o Ensino Fundamental, quando a meta estipulada para 2008 era de 61,3%…

Saiba mais sobre o relatório aqui, e no vídeo com Mozart Neves Ramos, Presidente-executivo do Todos pela Educação.

Comments

comments

2 comentários sobre “Todos pela educação divulga o relatório “De Olho nas Metas 2009”

  1. Pingback: Sustentável 2.0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: