Pin It

Todo dia é dia de proteger nossas crianças e adolescentes da violência e exploração sexual.

O dia de 18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. Quem nunca se revoltou ao ver no noticiário algum caso de violência ou exploração de menores de idade? A revolta existe,  mas e o cuidado e a prevenção? Uma criança pode estar sendo violentada bem perto de você,  fique atento!

Não,  não estou tentando te encher de paranóias. Mas você sabia que em todo o mundo, uma em cada quatro meninas e um em cada 10 meninos é vítima de violência sexual antes de completar 18 anos?

No Brasil, o Disque 100, serviço telefônico mantido pela Secretaria de Direitos Humanos, registrou entre 2003 e 2011 mais de 50 mil denúncias de violência sexual contra crianças e adolescente, e a grande maioria dos agressores são pessoas próximas da criança.

A violência sexual infantil é definida como a exposição de uma criança a estímulos sexuais ou qualquer conduta levada a cabo por um adulto ou por outra criança mais velha. A vítima é forçada fisicamente ou coagida verbalmente a participar da relação sem ter a capacidade emocional ou mental para consentir ou julgar o que está acontecendo. Isto pode significar, além do ato sexual em si, tocar os genitais ou fazer com que a criança toque os genitais do adulto. A exposição a conteúdo sexual também é caracterizado como violência.

Segundo a psicóloga Maria Inês Rondello, coordenadora do Programa Cuidar, que atende crianças e adolescentes vítimas de violência sexual, do Projeto Quixote, em São Paulo (SP), e membro da Comissão Municipal de Enfrentamento à Violência, Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (CMESCA), esse tipo de violência “rouba a inocência da criança”, fazendo-a sentir coisas que não são próprias de sua idade. A psicológa também é categórica ao dizer que todos os agressores, sem nenhuma exceção, foram um dia agredidos, Maria Inês salienta a importância de tratar as vítimas de violência: “Na medida em que você atende a criança que foi agredida, você já está prevenindo que isso se repita no futuro”.

Alguns sinais de que algo errado pode estar acontecendo:
image

Informação é essencial para a prevenção:

image

 

As imagens acima são da cartilha produzida pela Promotoria da Justiça do Estado de Mato Grosso, que disponibilisei para consulta ou download em meu slideshare:

Vamos espalhar esta mensagem, não podemos nos calar!

Comments

comments

3 comentários sobre “Todo dia é dia de proteger nossas crianças e adolescentes da violência e exploração sexual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: