Pin It

Festival gratuito no Largo da Batata tem muito MPB e intervenções artísticas

Sabe quando duas idéias boas se unem? Então pense o Largo da Batata ocupado por MPB e arte “ambulante”?

O Walking Gallery, movimento cultural que organiza passeios artísticos por várias cidades do mundo (e que já falei sobre aqui), vai ocupar os shows do festival TIM Música na Rua que começam amanhã, 27 de setembro.

O encontro dos artistas ambulantes será na frente do Frans Café da Praça Benedito Calixto, em Pinheiross, para de lá seguirem juntos para o Largo da Batata, onde os art walkers (como são chamados os membros desse movimento) vão se juntar a outros grupos e coletivos.

“Nosso denominador comum com esses grupos e coletivos é chamar a atenção da população para importância do uso de espaços públicos para encontros e trocas de experiências com outras pessoas da cidade” explica a responsável do Walking Gallery Brasil, Ana Rosa Colhado.

“Foi nas rodas de conversa da Virada Sustentável do ano passado que descobrimos que, assim como nós, havia um montão de gente preocupada em criar cada vez mais momentos de qualidade dentro da lógica desumana de São Paulo”.
image

Além de conectar pessoas de diferentes vertentes artísticas, o Walking Gallery Brasil busca conscientizar os cidadãos sobre a necessidade da participação da sociedade civil na melhoria da qualidade de vida nas cidades brasileiras.

image

Sobre o festival TIM Music de Rua:

Entre 23 e 27 de setembro, a zona Oeste da cidade é a primeira privilegiada com a programação do Festival TIM Music na Rua, projeto idealizado pela TIM, em parceria com o Catraca Livre, que leva muita música aos quatro cantos da cidade até novembro.

E quem passar pelo Largo da Batata no sábado, dia 27, das 13h às 19h, além de aproveitar shows da banda 5 a Seco, do cantor Felipe Cordeiro e do DJ Rodrigo Bento, também vai se deparar com diversas intervenções artísticas, como sessão de live paiting com o Boletabike Daniel, oficina de jardim vertical com o Movimento 90º, feira de troca de vinis com o coletivo Vinil é Arte, e uma intervenção incrível do pessoal do Walking Gallery Brasil.

E o melhor, é tudo na faixa. Confira aqui a programação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: