Pin It

SWU o movimento que vai muito além do festival #avidaquernoSWU

Aos mais céticos, peço calma e leia até o final. Falo isso, porque sei que dentro dos blogs de sustentabilidade há quem torce o nariz ao ouvir falar da sigla SWU.

Festival SWU - 2011

Só para relembrar SWU é a abreviação de Starts With You, em português “começa com você” e foi por essa ideia que me apaixonei ainda no primeiro semestre do ano passado, quando comecei a ver as notícias sobre o Fórum Global de Sustentabilidade, e depois descobri que este ocorreria dentro do festival de música.
Tive a oportunidade impar de representar no ano passado a insider @samegui, e pude acompanhar de perto algumas ações bacanas que infelizmente boa parte dos participantes do festival não tomaram conhecimento, era comum ouvir pessoas que não sabiam que paralelamente acontecia o fórum, e que intervenções das ongs parceiras promoviam atividades de conscientização para a sustentabilidade.

Mas sabe o que me fazia continuar acreditando no SWU? Foi ter ouvido da organização que eles sabiam que a primeira edição seria um aprendizado, e durante um painel na Campus Party 2011, eles assumirem que houve falhas, que estas foram mapeadas, e mudanças na estratégia estavam a caminho.

Em março com o lançamento oficial entrou no ar o portal SWU, interativo promove o acesso a diversas noticias e iniciativas ligadas a questão sustentável. Três mini-fóruns levaram os debates além do limitado público que participou do fórum em 2010. Atividades em escolas e o projeto SWU Kids ampliaram a faixa etária do público impactado. A Gincana SWU com cobertura no Fantástico e no Multishow, mobilizou moradores de cidades inteiras. E neste ano pudemos ver o SWU tomando forma de um movimento contínuo de conscientização para a sustentabilidade, e o festival que acontece nos próximos três dias, passa a ser a celebração de um ciclo.

Atendendo a pedidos muita coisa mudou este ano. Alimentos (desde que industrializados e embalados) serão permitidos, a praça de alimentação está mais diversificada e com opções mais saudáveis, a galera do camping contará com loja de conveniência e duchas (uma opção para não ficar só com o único banho diário de 7 minutos) e até os bebedouros que a galera pediu será providenciado, mas isso na próxima edição segundo o Eduardo Fischer.

Enfim, temos duas opções:
1 – Aproveitar o atrativo do festival e de todas as intervenções também ao longo do ano para propagar a ideia da responsabilidade de todos nós na busca de um mundo melhor, e opinar para construir um festival e um movimento de conscientização cada vez mais próximo da busca pelo menor impacto.

2 – Ou ficar reclamando… Mas se escolher reclamar, por favor seja criativo. Reclamar do preço do ingresso ou da bebida não vale, qualquer pessoa que costuma ir em shows ou na balada sabe que os preços estão na média. E por favor, nada do jargão:” O festival é para a sustentabilidade do bolso do SWU“, quem disse que sustentabilidade é filontropia?
Por último, deixo a foto que tirei ao final do terceiro dia do Fórum SWU em 2010, que mostra o estado em que ficou o espaço que foi ocupado pelos preocupados com a sustentabilidade.

Lixo deixado pelos participante do #ForumSWU

Lixo deixado pelos participante do #ForumSWU 2010

É galera, conscientização é um processo, e até os mais engajados as vezes precisam rever suas atitudes, imagine 70 mil pessoas? Curto a iniciativa porque sei que de alguma forma uma boa parte das pessoas que se relacionam com o movimento SWU e o festival,  acabam tendo uma sementinha plantada em suas vidas. Quem sabe seja esse o insight que faltava para um mudança de atitude?

Se você acredita na proposta, ou mesmo se ainda não está convencido, acompanhe a cobertura que o @avidaquer e blogs parceiros estão fazendo do Fórum Global de Sustentabilidade e das demais intervenções que acontece durante o festival, fazem parte da equipe eu (@alinekelly),  @angelaernesto,  @zeoffline, @fabioallves, @bibianamaia e @gnsbrasil.

Comments

comments

2 comentários sobre “SWU o movimento que vai muito além do festival #avidaquernoSWU

  1. Pingback: Sustentável 2.0

  2. Pingback: Sustentável 2.0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: