Pin It

Senadora Marina Silva no Sustentável 2009

Dialogos impertinentes: Um mundo em colapso ou uma oportunidade de mudança.

O Tucarena no 3º dia do Sustentável 2009, recebeu para esta plenária, uma estrutura diferenciada, pois o debate seria gravado por uma equipe profissional. E claro que nesta tarde, todas as atenções estavam voltadas para a Senadora Marina Silva.

Marina Silva - Sustentável 2009 (15) Prof. Ladislau Dowbor da PUC-SP, inicia a plenária falando do absurdo que enquanto milhares de pessoas morrem no mundo por complicações causadas pela Aids, os laboratórios discutem qual deve ser o valor do coquetel para serem reconpensadas, “Considero o excesso de remuneração tão patológico quanto a falta” disse Prof. Ladislau, e completo ainda “achamos natural o excesso de consumo, a paralização pelo excesso de carros nas ruas e curiosamente somos chamados de homosapiens”. Para mim, o destaque da apresentação do professor da PUC é para o seu questionamento final: “com US$ 300 bi tiramos as pessoas da indigência, como os bancos conseguem 1,3 tri para se recuperarem?” Alguem arrisca uma esposta?

Marcos Bicudo – presidente da Philips e Chairman CEBDS,  defendeu que uma estratégia hj só é vencedora se for sustentável, se buscar equilíbrio na geração de valor econômico, social e ambiental. A ordem econômica atual tem que ser desafiada, a sustentabilidade na realidade só existe se contribuir na perenidade do negócio.

Sustentabilidade é uma oportunidade ou ameaça? para mim (ainda falando o Marcos Bicudo) é uma oportunidade mas que exige um censo de urgência, com praticas que não permitam a perenidade da busca somente pela geração de valor econômico, e exige a articulação de todos os setores da sociedade.

Gostei muito do discurso tanto do Prof. Ladislau e do Marcos Bicudo, achei bastante coerente e contestados, como poucos que havia ouvido até aqui, talves porque sabiam que a próxima seria a Marina Silva, brincadeira…

Logo de inicio uma frase de Marina Silva me chamou a atenção: “Não sei se a natureza é perfeita, mas ela teve muito mais tempo de teste para aperfeiçoar seus resultados e processos” Achei muito bacana esta reflexão, e como ela disse é impensável achar que a nossa ciência em tão pouco tempo de existência conseguirá tão de imediato reverter esta situação a curto prazo.

Por isso, atitudes voltadas para a sustentabilidade fazem-se imediatas, segundo Marina Silva: “As pessoas não tem o mesmo censo de urgência para resolver a crise ambiental como tem com a crise econômica”. E estas ações não precisam nascer grandiosas, Marina citou Chico Mendes, que com questionamentos para a sua localidade, par aquela região que ele queria defender,  levantou a discussão sobre modelos alternativos para toda a Amazônia.

Para Marina Silna, não é preciso ter respostas prontas e acabadas, é um processo, mas que precisa ser continuo e não pode ser pervertido, não é possível imaginar que não possamos desenvolver modelos em que todas as pessoas possa desenvolver as suas habilidades. Modelo de desenvolvimento que não é capaz de manter as suas especifidades não serve, pois é anulador.

Digam se este este debate não teve força para concorrer em conteúdo com o que contou com Stef van Dongen e Manish Tripathi?

Para encerra Marina Silva conclui com um trecho de um poema de sua autoria “Arco e Flecha”.

Do arco que empurra a flecha,
Quero a força que a dispara.
Da flecha que penetra o alvo
Quero a mira que o acerta.

Do alvo mirado
Quero o que o faz desejado.
Do desejo que busca o alvo
Quero o amor por razão.

Sendo assim não terei arma,
Só assim não farei a guerra.
E assim fará sentido
Meu passar por esta terra.

Sou o arco, sou a flecha,
Sou todo em metades,
Sou as partes que se mesclam
Nos propósitos e nas vontades.

Sou o arco por primeiro,
Sou a flecha por segundo,
Sou a flecha por primeiro,
Sou o arco por segundo.

Buscai o melhor de mim
E terás o melhor de mim.
Darei o melhor de mim
Onde precisar o mundo.

Este post já ficou muito longo, no próximo coloco o album de fotos e os videos. Te vejo lá.

Um comentário sobre “Senadora Marina Silva no Sustentável 2009

  1. Pingback: Senadora Marina Silva no Sustentável 2009 « Coletivo Sementes – Florescendo Idéias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: